accedi   |   crea nuovo account

Rio de Janeiro

Jesus, Deus do Universo, Deus Criador,
Os montes do Grande Rio se desfazem.
Convulsos os elementos matam.
Diante de Ti, Jesus, choramos
E clamamos em alto som
Misericórdia!!
Nos relatos do caos
Os corpos descem nas águas
Como bonecos
Enterrados na lama
Sem dignidade
As construções se contorcem,
Não existe mais cidade.
Pai perdoa-nos
Perdoa o Teu povo
Contra Ti temos pecado.

 

1
3 commenti     0 recensioni    

un altro testo di questo autore   un'altro testo casuale

0 recensioni:

  • Per poter lasciare un commento devi essere un utente registrato.
    Effettua il login o registrati

3 commenti: